1º Encontro de Caça Submarina Grupo Octopus Team Portugal

No passado dia 25 de Abril teve lugar, em Peniche, o “1º Encontro de Caça Submarina Grupo Octopus Team Portugal”. Este encontro organizado pela administração do grupo de amigos do Facebook Octopus Team Portugal, contou com cerca de 40 inscritos que se juntaram num dia de confretanização, troca de histórias e experiências e acima de tudo, com o objectivo de fomentar novas amizades no seio da comunidade de caça submarina.

2015OT-before

Inicialmente agendado para dia 14 de Março de 2015, por razões climatéricas foi necessário proceder à alteração da data. O encontro teve início às 8 da manhã em Peniche onde, a pouco e pouco os vários participantes foram-se agrupando e discutido a melhor localização para se fazerem à água.

Com as previsões a anunciarem mar adverso à prática da modalidade, instalou-se a surpresa entre os participantes, nomeadamente entre os que não conheciam Peniche; na verdade, vários dos locais afirmavam que há muito tempo não vislumbravam tal visibilidade na zona.

Depois de um rápido briefing e estabelecida a hora de reencontro para a deslocação para o local do almoço, os participantes fizeram-se à àgua, na península do Baleal. A água apresentava uma visibilidade entre os 10 e os 15 metros e rondava os 15 graus. O peixe não era muito abundante, mas foi o “fruto da época”, o choco, que fez a delícia de grande parte dos participantes, sendo a espécie mais abundante nas capturas. Juntamente com o choco, também se poude vislumbrar entre as capturas, polvos, sargos, douradas, entre outros.

Como agendado, por volta das 13 horas, os participantes juntaram-se no Clube Naval de Peniche onde os esperava uma bela sardinhada, acompanhada das já habituais histórias e episódios mais curiosos do pescador submarino. A organização do encontro entregou depois umas lembranças e foram tiradas as fotografias da praxe.

2015OT-after

O Facebook do grupo, após o evento, foi inundado de agradecimentos por parte dos participantes, felicitando a iniciativa do encontro e também todo o trabalho incansável da organização em garantir que tudo corria como previsto. Houve também vários pedidos para a edição de 2016.

Este tipo de iniciativas são de saudar e publicitar, pois permitem a troca de conhecimentos, técnicas, as famosas histórias, truques e dicas e fundamentalmente a criação ou fortalecimento de grandes amizades em redor de um desporto que tem procurado crescer mais em Portugal. São estes factores, todos juntos, que nos fortalecem e mantêm muito viva a “voz da pesca submarina”.