Mensagem da Direcção

Há seis anos, a pesca submarina padecia de má imagem aos olhos da governação e das organizações ambientalistas. As restrições eram imensas e o futuro sombrio.

Após a sua constituição, a APPSA desdobrou-se em reuniões: com o Secretário de Estado das Pescas, com representantes do Ministério da Economia e do Ambiente, com o presidente do ICN, com organizações ambientalistas, com deputados dos partidos com assento na AR, com autarcas e autoridades marítimas… Promoveu limpezas dos fundos, apadrinhou baptismos de mergulho para as crianças e participou em pescas solidárias de beneficência; colaborou com o Centro de Ciências do Mar da Universidade do Algarve, e fez algum lóbi aqui e acolá… A todos explicou, pedagogicamente, o que era a pesca submarina…

…e conseguimos recuperar a boa imagem para a modalidade!

Os mesmos que seis anos antes nos olhavam de soslaio, elegeram a pesca submarina como «modalidade sustentável e amiga do ambiente». Era a mudança do paradigma – este, o maior legado que a APPSA pode deixar à sua comunidade!

As últimas alterações legislativas, em contraciclo com a tendência dos últimos anos, não são mais do que a incorporação da mudança do paradigma. Hoje há menos restrições, podemos apanhar mais peixe, e as licenças são muito mais baratas! Foram treze sessões de negociação com a DGRM e a presença do ICNF, do IPIMAR, de organizações ambientalistas e representantes de associações de pesca lúdica; algumas dessas sessões foram de dia inteiro e nenhuma durou menos que uma manhã ou uma tarde – deixem-nos repetir, TREZE SESSÕES!

Mas valeu a pena. No final da maratona deram-nos os parabéns: éramos os grandes vencedores do novo texto regulador! Se os nossos colegas, representantes de outras associações na mesa negocial o reconheceram, não deixa de ser curioso que o reconhecimento não atravesse toda a nossa comunidade: há quem pense que a dádiva caiu do céu… por obra e graça do Espírito Santo; ou nem sequer pense!

A Direcção da APPSA não fará mais apelos à comunidade para se unir em torno da sua Associação. Ela será sempre espelho da força e legitimidade que a comunidade lhe der. É a comunidade que tem de decidir se quer uma APPSA forte ou não! Mas há um apelo que não pode enjeitar. Tem a ver com a união de todos e a conservação da boa imagem que tanto custou a recuperar. Por um lado registamos com agrado a proliferação de páginas e fóruns de pesca submarina; por outro é uma pena verificar que há quem não saiba estar, cria ruído na comunicação e transmite uma imagem negativa e até trauliteira. E não percebemos a passividade de quem, tendo a responsabilidade de administrar estes fóruns, se limita a assobiar para o ar, permitindo a intriga, a ofensa, o ataque soez, a maledicência gratuita, que minam a união entre todos; justamente o contrário do seu objectivo!

A Direcção.